Denunciado pela mulher de matar segurança confessou

View previous topic View next topic Go down

Denunciado pela mulher de matar segurança confessou

Post by joaninha on Sat Oct 09, 2010 12:31 pm

O depoimento da mulher, vítima de violência doméstica, foi determinante para desvendar o homicídio de um segurança das obras do aeroporto de Beja há quase dois anos. O suspeito ainda tinha guardada em casa a caçadeira que roubou à vítima e confessou o crime.

António Silva, de 36 anos, já referenciado por vários tipos de delitos, foi detido, anteontem, em Castelo Branco, onde morava, por inspectores da Directoria do Sul da Polícia Judiciária (PJ), que ali se deslocaram propositadamente. O Tribunal de Beja determinou que aguarda julgamento em prisão preventiva.

O detido, conhecido pela alcunha de "Zé da Quinta", é suspeito de, a 25 de Junho de 2008, ter morto à pancada Bruno Ferreira Lopes, 31 anos, natural de Caldas da Rainha, segurança do estaleiro de obras do aeroporto de Beja.

Nessa noite terá arrombado as máquinas de comida e bebida que se encontravam num contentor que os trabalhadores utilizavam como refeitório, para furtar o dinheiro que se estava nos aparelhos. Alertado pelo barulho, o segurança, munido de uma caçadeira, foi ao contentor e, à entrada, é surpreendido pelo agressor.

Durante a luta em que ambos se envolveram, António Silva conseguiu retirar a arma a Bruno. Depois, utilizando a caçadeira, agredi-o violentamente na cara e na cabeça. Dada a gravidade das pancadas, a vítima, ficou desfigurada e acabou por morrer. Após o homicídio, "Zé da quinta", natural de Alijó, abandonou Beja e foi viver para Castelo Branco.

Nem os indícios recolhidos na altura nem a investigação que se seguiu permitiram chegar a conclusões. Agora, volvidos quase dois anos, um telefonema da GNR de Castelo Branco feito para a PJ algarvia levou a que este processo saísse de imediato da gaveta.

Na GNR decorria um processo de violência doméstica contra António Silva desencadeado pela companheira. Ao que o JN apurou, as informações recolhidas no âmbito deste inquérito e as informações dadas pela mulher permitiram perceber que o acusado era o mesmo homem que a PJ procurava pelo homicídio em Beja.

Os inspectores de Faro deslocaram-se a Castelo Branco e confirmaram as suspeitas ao encontrar a caçadeira da vítima mortal, desmontada e guardada num armário, e outra arma de fogo. Confrontado pela polícia, começou por negar os factos, mas acabou por assumir a autoria do crime.

Segundo fonte policial, contra o detido existem várias queixas por violência doméstica e por outros crimes de perturbação da ordem pública.

jn
avatar
joaninha

Messages : 2856
Points : 2665
Reputação : 22
Localização : Lisboa

View user profile

Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top

- Similar topics

 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum