Qualidade água cumpre parâmetros em 98% das torneiras

View previous topic View next topic Go down

Qualidade água cumpre parâmetros em 98% das torneiras

Post by joaninha on Thu Sep 30, 2010 9:55 pm

A qualidade da água que sai nas torneiras dos portugueses continua a melhorar e em 2009 o cumprimento dos valores paramétricos estipulados atingiu 97,91%, anunciou hoje, quinta-feira, o presidente da entidade reguladora do sector.

Em conferência de imprensa, o presidente da Entidade Reguladora dos Serviços de Água e Resíduos (ERSAR), Jaime Melo Baptista, garantiu que Portugal está ao nível de outros países da Europa ocidental "melhor posicionados" no que respeita à qualidade da água para consumo humano e que "98 por cento é um bom valor em qualquer parte do mundo".

A situação conseguida está perto da meta traçada de 99 por cento de cumprimento do conjunto de parâmetros em 2013.

Os casos de incumprimento registam-se em zonas rurais, com populações de menor dimensão e onde "é mais difícil" gerir os sistemas de abastecimento de água. Estes casos estão a ter a atenção da entidade reguladora na procura de soluções, que podem passar pela associação de municípios.

No que respeita ao abastecimento cobre 94 por cento da população contra 82 por cento em 1994. O objectivo é chegar aos 95 por cento.

A preocupação da ERSAR centra-se no saneamento de águas, onde Portugal está mais longe da meta definida de 90 por cento para atingir em 2013. Actualmente, o saneamento com tratamento adequado de águas residuais está nos 70 por cento.

A percentagem de análises realizadas à água para consumo humano face às exigências legais passou de 99,29 por cento em 2008 para 99,84 por % no ano passado e totalizou 700 mil.

Melo Baptista fez um balanço da decisão de tornar obrigatória a desinfecção da água, a partir de Janeiro de 2009. Quase um ano depois, o número de incumprimentos dos valores dos parâmetros microbiológicos diminuiu 25 por cento o que, para o presidente da ERSAR, reflecte a importância da desinfecção como processo de tratamento obrigatório.

A maioria dos valores de desinfectante na água (53 por cento) está dentro dos limites recomendados (entre 0,2 e 0,6 miligramas por litro) e o excesso de cloro detectado não implica problemas de saúde pública, podendo sim desagradar (paladar e cheiro) ao consumidor.

A ERSAR considera, no entanto, que "há ainda um número apreciável de entidades gestoras que têm de continuar a melhorar o controlo operacional da desinfecção".

"Não houve registo de surtos epidemiológicos associados à ingestão de água" em 2009, salientou Melo Baptista.

Portugal já está a preparar o futuro na área do controlo da qualidade da água abastecida aos consumidores tanto através da aposta na implementação de planos de segurança nos operadores, "funcionando na prevenção e não na correcção" de problemas, como na certificação de materiais em contacto com a água, como reservatórios ou condutas.

jn
avatar
joaninha

Messages : 2856
Points : 2665
Reputação : 22
Localização : Lisboa

View user profile

Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top

- Similar topics

 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum