Jornais portugueses perdem audiência em papel e ganham na Internet

View previous topic View next topic Go down

Jornais portugueses perdem audiência em papel e ganham na Internet

Post by ritandrade on Sat Sep 25, 2010 10:42 pm



Os jornais portugueses estão a perder audiência em papel, mas cada vez são mais consultados na Internet, de acordo com os dados estatísticos mais recentes.
No final de agosto, a Associação Portuguesa para o Controlo de Tiragem e Circulação (APCT) revelou que no primeiro semestre de 2010 se venderam menos cerca de oito milhões de jornais diários do que no mesmo período de 2009.
Os diários de informação geral registaram as maiores quedas, perdendo, no total, cerca de 30 mil clientes por dia, uma diminuição de nove por cento face ao primeiro semestre do ano passado.
Diário de Notícias (menos 19,5%), Público (menos 15,8%) e Jornal de Notícias (menos 11,8%) foram os diários generalistas que tiveram maiores quebras nos primeiros seis meses de 2010, enquanto o Correio da Manhã subiu 6,6 por cento.
Na Internet, a tendência tem sido inversa, com subidas constantes dos números de visitas a sites de notícias e de páginas visitadas em cada site.
Comparando os 'rankings' dos meses de agosto de 2009 e de 2010 do medidor de tráfego de entidades web Netscope, uma parceira entre a Weborama e a Marktest, verifica-se que todos os 'sites' de jornais diários tiveram subidas de audiência.
Os diários de desporto são os mais consultados na Internet, com liderança para A Bola, que cresceu 55 por cento entre agosto de 2009 e 2010.
Nos generalistas, o Público lidera em número de visitas (subiu 19%) e o Correio da Manhã em páginas visitadas (cresceu 56%).
Os títulos originários da imprensa são, globalmente, mais visitados na Internet do que os da televisão e da rádio.
Para João Canavilhas, professor da Universidade da Beira Interior especializado em webjornalismo, o declínio da imprensa “aparentemente vai dar lugar a uma mudança para um novo meio”.
“O que verificamos é que os jornais em papel estão a perder leitores”, disse à agência Lusa João Canavilhas, que associa esta tendência também a “uma mudança de geração”.
A nova geração “está mais habituada ao 'online', a novas plataformas”, pelo que “naturalmente” também se habitua a ler notícias difundidas através da Internet, salientou.
Luís António Santos, docente da Universidade do Minho, também considera que “não há uma transferência directa” de leitores da imprensa para a Internet, sublinhando que “as gerações mais novas já quase não tocam no papel”.
“A haver estratégia das empresas [de jornais] para o 'online', ela teria de passar pela criação de novos espaços que atraíssem as audiências que eventualmente se estarão a perder”, defendeu Luís Santos.

destak
avatar
ritandrade

Messages : 17695
Points : 10278
Reputação : 220
Localização : Puerto :p

View user profile

Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top

- Similar topics

 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum