Falhas geológicas atrasam resgate de mineiros

View previous topic View next topic Go down

Falhas geológicas atrasam resgate de mineiros

Post by joaninha on Sat Sep 04, 2010 10:35 pm



Escavações avançaram só 45 metros desde segunda-feira. Grupo está a 700 metros.

Em condições perfeitas, a Strata 950 tem capacidade para perfurar 20 metros de solo por dia. Mas as falhas geológicas detectadas na Mina de São José, no Chile, obrigaram ontem a interromper os trabalhos durante dez horas, para permitir o reforço do túnel vertical. Desde que começou a escavação, na segunda-feira, os peritos avançaram só 45 metros. Os 33 mineiros estão presos há quase um mês a 700 metros de profundidade.

O engenheiro que está a coordenar os trabalhos, Andrés Sougarret, lembrou que estas interrupções periódicas eram "previsíveis", especialmente até atingir os primeiros cem metros de profundidade. O objectivo é cimentar as paredes do túnel - de momento com 33 centímetros de diâmetro - de forma a "evitar que a água se infiltre pelas fissuras".

As autoridades chilenas aprovaram entretanto a utilização de uma terceira escavadora, pertencente à Empresa Nacional de Petróleo. Além da Strata 950 chegou ontem ao local uma Schramm T-130 , que nos próximos dias deverá começar a alargar uma das sondas que permite o contacto com os mineiros (o plano B). A terceira escavadora não supõe uma redução do prazo para o resgate - previsto para Dezembro. Amanhã, cumpre-se um mês desde o acidente que encurralou os 33 mineiros (32 chilenos e um boliviano).

"Este é o mês do bicentenário, o mês em que celebramos as festas da independência, mas o país está triste, o destino atingiu-nos forte", disse a irmã de um dos trabalhadores. O país assinala a 18 de Setembro os 200 anos da independência de Espanha. "Primeiro foi o terramoto, o tsunami [em Fevereiro] depois as chuvas e a neve a sul, e agora os nossos amigos enterrados nesta mina. O Chile não está para festas", indicou um habitante local.

O cardeal chileno Francisco Javier Errázuriz, arcebispo de Santiago, visitou a Mina de São José, celebrando uma missa a céu aberto com as famílias dos mineiros. Consigo levava uma prenda: 33 rosários benzidos pelo Papa Bento XVI, que foram descidos na sonda "paloma" e entregues aos trabalhadores. O arcebispo deu graças pelo "presente divino" que foi encontrar com vida os mineiros 17 dias após o acidente de 5 de Agosto.

O psicólogo Alberto Iturra Benavides, que está a acompanhar os trabalhos, disse ontem numa entrevista ao El País que o pior, mentalmente, ainda está para vir. "Neste momento vivemos uma espécie de lua-de-mel. Todos estão felizes. Em Outubro chegará a etapa mais difícil", afirmou.

diariodenoticias
avatar
joaninha

Messages : 2856
Points : 2665
Reputação : 22
Localização : Lisboa

View user profile

Back to top Go down

View previous topic View next topic Back to top

- Similar topics

 
Permissions in this forum:
You cannot reply to topics in this forum